Banner Notícia

RANKING HISTÓRICO NO EXAME DA OAB

Fasa Moc é líder entre as instituições particulares da região, bate os próprios números e faz sua melhor média histórica na prova da OAB

Ser aprovado no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é um desafio para muitos bacharéis em Direito, já que as provas exigem estudo e preparação diferenciados. Mas, para os alunos da Faculdade Santo Agostinho de Montes Claros, a Fasa Moc, esta é uma conquista que virou tradição, uma vez que os acadêmicos conseguem a licença de advogado antes mesmo de concluir a graduação.

É o caso de Abner Maia, que está no 9º período e foi aprovado entre 84 acadêmicos - alunos e egressos do curso - no XXVIII Exame da Ordem. O resultado foi divulgado pela Fundação Getúlio Vargas e aponta a Fasa Moc com 31,57% por cento de aprovação, acima da média nacional, que é de 23,98%.

Este resultado confirma a liderança da Faculdade Santo Agostinho a frente das demais particulares do Norte de Minas, que vem se repetindo por 11 vezes seguidas. Abner explica que um dos critérios de escolha da faculdade na hora de fazer o vestibular foi exatamente este. “Quando decidi em qual faculdade iria cursar Direito, observei qual delas tinha o maior índice de aprovação na prova da OAB. Há 05 anos a Fasa já era líder, então escolhi estudar aqui”, disse.

O resultado no último exame da ordem ficou marcado como a maior média da série histórica da Fasa. Segundo a coordenadora do Curso, Cyntia Cangussu, este é o reflexo do ensino de qualidade promovido pela Instituição ao longo dos anos.

“A Santo Agostinho se preocupa em formar bons profissionais, operadores do direito com qualificação completa, a aprovação na OAB é consequência dessa formação integral que os alunos recebem. Assim, podemos ressaltar o trabalho coletivo como o segredo da excelência dos resultados que temos obtido ao longo dos anos. Por um lado, temos um corpo docente comprometido, e por outro, acadêmicos dedicados, dispostos a construir uma nova história”, disse.

OAB Abner

Abner diz que escolheu a Fasa pelo alto índice de aprovação no Exame da OAB // Foto: Paulo Henrique Melo

O acadêmico Igor Pereira, tirou nota máxima na Peça Processual e confirma que foi preparado desde o 1º período para passar no exame. “Este é o fruto do trabalho da Instituição com os alunos. É um exame muito disputado em todo país. A sensação de dever cumprido que perpassa por todos nós é porque a Fasa nos dá o que é necessário para atravessar este desafio. Fruto da nossa preparação no transcurso destes 5 anos”, salientou.

Para Ingryde Damásio egressa do curso de Direito, entrar no mercado de trabalho habilitada para exercer a profissão é motivo de muita felicidade.

“Chegar ao final da graduação com a carteira da OAB em mãos é muito gratificante. É uma sensação de dever cumprido”, comentou Ingryde.

gráfico

O Curso

Quem estuda Direito na Fasa Moc é capacitado a partir das bases técnico-jurídicas e práticas necessárias para o exercício das variadas carreiras na área. O acadêmico tem uma visão ética e humanística, que o permite entender e enfrentar as transformações políticas, sociais, econômicas e culturais que afetam o ordenamento jurídico.

Além de ser líder em aprovação no exame da OAB, o curso possui o Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) para uma experiência prática da profissão, além de metodologias ativas de aprendizagem e incentivo à iniciação científica, pesquisa e extensão.

A prova

O Exame da Ordem dos Advogados do Brasil é realizado anualmente, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A prova é dividida em duas etapas e avalia os bacharéis em Direito para o exercício da profissão.