Banner Notícia

FASAI É DESTAQUE EM EVENTO CIENTÍFICO NO SUL DA BAHIA

As equipes de coordenadores e organizadores do Simpósio de Habilidades Comunicativas em Libras (HACOM), do primeiro e segundo período do curso de Medicina da unidade de Itabuna, submeteram e foram aprovados para apresentação do trabalho científico, na noite desta terça-feira (12), no Segundo Simpósio de Saúde e Libras do Sul da Bahia, promovido pela Faculdade Federal do Sul da Bahia(UFSB), da cidade de Itabuna.

O trabalho titulado como “Ensino de Libras para profissionais de Saúde como fator de Inclusão da Comunidade Surda à Programas de Saúde Pública: Um Relato de Experiência”, surgiu através do HACOM que promove a discussão sobre questões relacionadas à saúde e à Língua Brasileira de Sinais – Libras, com foco na inserção das Habilidades Comunicativas nos Cursos de Medicina e áreas afins. Tendo como objetivo despertar atenção de estudantes e profissionais para o atendimento à pessoa surda. 

O acadêmico Jônathan Pereira, do II período do curso de Medicina, expressou felicidade por fazer parte deste momento. “Um evento como esse faz com que a gente consiga propagar uma mensagem que não é simplesmente direcionada a uma parte de pessoas que acompanha a sociedade, mas, de conseguir entender o próximo e dessa forma ser compreendido. É um sentimento só de coisas boas no coração, e que possamos conseguir desenvolver mais trabalhos como esse”, comentou o acadêmico.

O HACOM foi fundado pela professora Lorena Cerqueira, que ministra a disciplina de Libras da unidade, definiu a apresentação como uma realização de militância. “A comunidade surda acredita em um futuro melhor, tendo profissionais médicos que saibam se comunicar em libras, onde os surdos sejam atendidos com qualidade. Retribuo essa conquista à Fasa Itabuna; coordenação do curso de Medicina, Drª. Mércia Margotto; Joaquim Cunha, diretor geral da unidade, e ao grupo Afya pela inclusão do Ensino da Língua de Sinais dentro do curso de Medicina.