Banner Notícia

CURSOS DA SAÚDE FINALIZAM CAMPANHA COM PALESTRAS PARA OS ACADÊMICOS

Psiquiatra e Psicóloga abordam sobre o suicídio na última ação do “Setembro Amarelo: vamos falar sobre isso”

Para debater o tema de prevenção ao suicídio, os cursos da área da Saúde das Faculdades Santos Agostinho, Campus JK, em Montes Claros (MG), propuseram um debate entre os acadêmicos, na noite desta quinta-feira (27), no Teatro Santo Agostinho. Participaram a Psiquiatra Simone Pereira Figueiredo e a Psicóloga Danielle Rezende, do Centro de Valorização à Vida (CVV) da cidade.

As palestras fazem parte da Campanha Setembro Amarelo, que teve início em 2015, no Brasil. Dados do Ministério da Saúde, divulgados no último dia 20, revelam que 90% dos casos de suicídio podem ser evitados. A meta é reduzir estes casos em 10% até 2020.

De acordo com a Psiquiatra Simone Pereira Figueiredo, a campanha auxilia na quebra do tabu em torno de um tema que antes era pouco debatido. “Nós tínhamos uma luta meio solitária em relação às informações e à diminuição do tabu acerca do suicídio. A principal questão desta campanha é a informação como forma de lidar com o preconceito que ocorre exatamente acerca da falta de informação. Isso serve de alerta para as pessoas, bem como para os familiares de pacientes que apresentam sinais e risco de autoextermínio para que procurem ajuda”, salientou.

Dados do Ministério da Saúde são preocupantes - 106.374 pessoas tiraram a própria vida entre 2007 e 2016. Cerca de 18% das mortes são provocadas por intoxicação e 60% dos óbitos acontecem por enforcamento. Nesse período, 70% dos suicídios aconteceram com mulheres, 49% na região Sudeste e 25% na região Sul.

Segundo a Psicóloga Danielle Rezende do CVV de Montes Claros, a melhor forma de prevenção é falar sobre o assunto. “Quando a pessoa divide sua angústia, começa saber que há possibilidades. A ideia do suicídio vem como única opção, pois a pessoa sente que não tem apoio e nem esperança quanto ao futuro. Então, ela não vê outra forma de resolver aquele problema, aquela angústia em que está inserida. À medida que estimulamos a fala, quebramos esse pensamento rígido e mostramos as outras possibilidades”, concluiu.

Canal de ligação

O Ministério da Saúde anunciou apoio e investimento no CVV, órgão que oferece apoio emocional e prevenção ao suicídio, 24 horas por dia, pelo telefone 188, e-mail e chat. O posto de Montes Claros foi inaugurado em abril deste ano, sendo o primeiro do Norte de Minas. Quem quiser conhecer o local pode passar no seguinte endereço: Rua São Marcos, número 17, casa 5, Bairro Todos os Santos.