Banner Notícia

CONHEÇA A FARMACÊUTICA LAURIANE

Egressa da Fasa Montes Claros, Lauriane atua como farmacêutica clínica em um grande hospital da região

Mais de 70 áreas de atuação. Este é o amplo leque do profissional Farmacêutico que pode realizar processos que vão desde a pesquisa, a produção, controle de qualidade e distribuição de medicamentos, cosméticos e alimentos, além de realizar exames em laboratórios de análises clínicas. Dentre eles está a Farmácia Hospitalar e Clínica, que fez com que a Lauriane Guimarães se apaixonasse pela profissão.

Graduada pela Faculdade Santo Agostinho de Montes Claros (Fasa Moc), em 2016, Lauriane, atua em um grande hospital da cidade. Ela decidiu pelo curso superior depois de experimentar a profissão como tecnóloga e descobriu que o farmacêutico deveria saber muito mais do que nome de medicamento e para que ele é indicado.

“Me reconheci como profissional da saúde durante o curso na Fasa. Desde os primeiros períodos eu pude estagiar em um grande hospital, graças à um convênio da Instituição. Eu destaco o aprendizado associado à prática, essa foi uma vivência bem produtiva. Ao final do período de estágio eu acabei sendo contratada”, disse Lauriane.

Empregabilidade

Durante o curso de Farmácia da Fasa Montes Claros, o acadêmico desenvolve habilidades clínicas de cuidado à saúde individual e coletiva, sendo preparado para atuar em qualquer área da profissão. O profissional farmacêutico tem vaga garantida no mercado de trabalho, em Montes Claros.

Em Minas Gerais, o destaque é para a  indústria farmacêutica, que teve um crescimento de 15,44% em relação ao ano anterior. Os dados são de 2018, coletados pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e mostram Minas como o Estado que mais cresce no Brasil, ficando à frente de todas as federações, incluindo São Paulo.

Diferenciais Fasa

  • Elevado índice de empregabilidade dos egressos;
  • Metodologias Ativas de Aprendizagem;
  • Laboratório industrial moderno;
  • Ampla rede de convênios para realização de estágio curricular;
  • Implantação do consultório farmacêutico;
  • Incentivo à iniciação científica, pesquisa e extensão.

PARA SABER MAIS CLIQUE AQUI

ENTREVISTA COMPLETA DA LAURIANE