Banner Notícia

Pesquisa mostra benefícios da farmacovigilância em hospitais

 

Trabalho foi apresentado no XI Congresso Brasileiro de Farmácia Hospitalar

 

            Antes de ser disponibilizados aos pacientes, materiais e medicamentos de saúde são submetidos a processos e controles de qualidade realizados pela Farmacovigilância. A análise desse trabalho dentro de hospitais e suas implicações foram objeto de estudo da pesquisa “ Farmacovigilância: notificação de queixas técnicas realizadas em um hospital do Norte de Minas” realizado pela professora do curso de farmácia das Faculdades Santo Agostino, especialista na área, Renata Lydiane Soares Silva e a aluna do 9º período, Rayana Gramelix.

            Segundo a professora, a pesquisa permitiu a identificação do grau de qualidade dos produtos dentro do hospital. Isso porque cada produto era julgado de acordo com parâmetros pré-determinados pela pesquisadora. Quanto maior as irregularidades (queixas técnicas), pior o produto. O trabalho foi apresentado em um dos maiores eventos de farmácia no Brasil, o XI Congresso Brasileiro de Farmácia Hospitalar, realizado em Brasília, no período de 15 a 17 de junho.

            Renata Lydiane ressalta que a participação da aluna Rayana Gramelix foi essencial para a realização da pesquisa. Ela auxiliou, por exemplo, nas buscas das suspeitas de desvios de qualidade nos materiais e medicamentos, e notificações junto à ANVISA e fabricantes.

            “É importante a inserção dos acadêmicos na vivência prática e também em eventos como este para prepará-los ainda mais para o mercado de trabalho, pois com experiências desse tipo, permitimos seu amadurecimento”, afirma Renata Lydiane.

            Ao todo foram realizadas 124 notificações, sendo 96 relacionadas a medicamentos, 28 a materiais médicos hospitalares. “Ao analisar a quantidade queixas técnicas de cada produto, podemos identificar os fornecedores que devem ser suspensos e, dessa forma, garantir uma melhor qualidade de serviço de saúde”, finaliza a professora.

Legenda imagem: Professora Renata Lydiane durante Congresso.