Banner Notícia

Donativos arrecadados no I Colóquio sobre Direitos Humanos são entregues

Evento aconteceu em abril, no Campus JK, e mais de 450 pessoas doaram alimentos que foram divididos entre três instituições da cidade  

Solidariedade e amor ao próximo. Duas palavras tão raras nos dias de hoje, dois substantivos que expressam sentimentos tão fortes, qualidades que fazem total diferença na vida das pessoas, no trabalho, na convivência diária. Esse bem-querer àqueles que necessitam de atenção e respeito também se fez presente durante a realização do I Colóquio sobre Direitos Humanos e Respeito à Diversidade.

Na tarde desta quarta-feira, 09, três instituições foram beneficiadas com quase meia tonelada de alimentos arrecadados durante o evento: Centro Feminino de Longa Permanência – “Lar das Velhinhas”, Grupo de Apoio à Prevenção e aos Portadores de Aids (Grappa) e Projeto “Pão Para Quem Tem Fome”, do padre Zeca, no Bairro Major Prates.

“Essa escolha foi pelo trabalho que essas instituições desenvolvem na comunidade. Outras instituições sérias como essas também fazem um belíssimo trabalho. Porém, tivemos que escolher apenas três e optamos por essas”, destacou a coordenadora do curso de Psicologia das Faculdades Santo Agostinho, professora Marajane Loyola.

No Centro Feminino de Longa Permanência – “Lar das Velhinhas”, foram entregues 8 cestos contendo, cada um deles arroz, feijão, óleo, açúcar, entre outros intens. “A instituição atende 80 idosas, a maioria acamada, e toda e qualquer doação é muitos bem-vinda aqui. Esses alimentos irão nos ajudar na alimentação das nossas assistidas, pois elas são encaminhadas pela Promotoria e pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social “Creas, entre outras formas de encaminhamento””, destacou Fabíola Acácia Costa Brant, coordenadora de Enfermagem do Lar das Velhinhas.

No Grappa, a doação de alimento é muito importante e lá também, foram entregues 8 cestas de alimentos. Atualmente, a instituição tem mais de 600 famílias cadastradas que são de Montes Claros, região e até o Sul da Bahia. “Essa doação tem uma importância extrema para as famílias assistidas. Esses alimentos servirão para ajudar nas refeições diárias que são quatro: café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar, para pessoas que são de Montes Claros ou de fora da cidade e que estão na casa. Também pegamos parte dessas doações de cestas básicas e doamos para aquelas famílias cadastras que são mais carentes e que estão necessitadas de maior atenção”, ressaltou Maurina da Silva Carvalho, vice-diretora do Grappa.

Acadêmica do 2º período de Psicologia das Faculdades Santo Agostinho, Mayara Souza de Brito participou do Colóquio, contribuiu doando 1 kg de alimento não perecível e ajudou na entrega das cestas às três instituições e destacou a importância de poder participar do evento e ajudar a quem precisa. “Vejo que foi especial participar do Colóquio, aprender mais sobre Direitos Humanos e Diversidade, mas ajudar na entrega e conhecer sobre como essas instituições sem mantém e são importantes para o bem comum foi uma experiência única. Creio que isso agrega valor ao curso, pois presenciar a alegria com que as instituições se mantêm foi sensacional. Estamos fazendo o bem e isso é maravilhoso”, finalizou.

O I Colóquio sobre Direitos Humanos e Respeito à Diversidade aconteceu no final de abril, no auditório das Faculdades Santo Agostinho, Campus JK, e reuniu mais de 450 acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Psicologia da instituição, além de alunos estudantes do curso de Serviço Social da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), representantes de movimentos sociais e ativistas dos Direitos Humanos.

Durante o evento, muito se falou sobre a questão do respeito à diversidade, da desigualdade social, desarmar-se de preconceitos e, ao mesmo tempo, ajudar ao próximo. No ato do credenciamento, os participantes entregaram 1 kg de alimento não perecível, doado para instituições sociais da cidade. O I Colóquio sobre Direitos Humanos e Respeito à Diversidade apresentou, também, uma exposição fotográfica e audiovisual do fotógrafo Lucas Viggiani, além de exposição de atividades de extensão com Quilombolas e Indígenas. 

IMG_0586
Donativos Donativos Donativos