Banner Notícia

Acadêmicos de Farmácia prestam assistência farmacêutica a idosos do Lar Betânia

Acadêmicos do terceiro e setimos períodos noturno do curso de Farmácia das Faculdades Santo Agostinho começaram, nesta quarta-feira (21.03), a desenvolver o projeto “Integração Escola, Saúde, Serviço e Comunidade", no Asilo São Vicente de Paulo – Lar Betânia - instituição de longa permanência que abriga 123 moradores.

Orientados pelos professores Flávio Figueiredo, Talita Antunes Guimarães, Renata Lydiane Silva, Thales de Almeida e Thaisa Pinheiro, os acadêmicos visitaram os idosos para o desenvolvimento do plano de acompanhamento farmacoterapêutico. O objetivo do projeto é desenvolver nos estudantes as habilidades clínicas para o acompanhamento de usuários de medicamentos, bem como diminuir os problemas relacionados a medicamentos por esse público. Neste primeiro dia do projeto, ocorreu o cadastro e entrevista clínica dos idosos para as futuras ações de intervenção dos acadêmicos.

De acordo com o coordenador do curso, professor mestre Flávio Figueiredo, a iniciativa faz parte de um projeto inovador, componente da estrutura curricular denominado Integração Escola, Saúde, Serviço e Comunidade, em que os alunos, desde os primeiros períodos, começam a atuar na prática, identificando as demandas de saúde da família e comunidade.

“Neste sentido, os acadêmicos desenvolveram habilidades clínicas que os tornarão profissionais aptos para o mercado de trabalho ao térmico do curso. A formação dos nossos alunos é diferenciada”, frisou o coordenador.

Ainda segundo o professor Flávio Figueiredo, uma das metas do projeto é utilizar o Lar Betânia como cenário de prática profissional. “O que se observa é que a maior parte dos pacientes, por serem idosos, faz uso de muitos medicamentos, o que requer acompanhamento farmacêutico. Orientados pelos professores, faremos análise das prescrições médicas, orientação sobre a melhor forma de uso e iremos acompanhar se, de fato, as intervenções que serão feitas pelos acadêmicos terão o sucesso esperado. Apostamos neste projeto, também pela sua inserção social ao mesmo tempo em que os alunos possam ser bem formados”, destacou. Os gerentes administrativos do Lar Betânia ,Anielly Costa Silva Ramos e Wesley Dantas, avaliaram como bastante positiva a parceria com as Faculdades Santo Agostinho. Para eles, a assistência que será prestada aos moradores da instituição de longa permanência ajudará no processo de recuperação dos idosos e no rígido controle farmacoterapêutico, com as dosagens corretas prescritas pelos médicos.

“Estamos extremamente satisfeitos com a parceria com o curso de Farmácia das Faculdades Santo Agostinho. Sabemos da qualidade do ensino da instituição. A nossa farmacêutica, Loredana Batista, é egressa dessa instituição. Acreditamos que ganharão os acadêmicos e ganharão ainda mais os nossos moradores”, finalizou Anielly Ramos, uma das gerentes do Lar Betânia.