Banner Notícia

Engenharia Civil Santo Agostinho e Unimontes debatem Alvenaria Estrutural

Sob a supervisão do professor Álvaro Barbosa de Carvalho Júnior, do curso de Engenharia Civil das Faculdades Santo Agostinho e coordenador do curso na Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), aconteceu, no prédio das Engenharias no Campus JK, uma atividade integrada entre os acadêmicos das duas unidades educacionais.

O tema em debate foi "Processos de construção em Alvenaria Estrutural" e ocorre em duas etapas distintas. Na noite de segunda-feira (05), foram expostas as observações de três grupos sobre a Alvenaria Estrutural.

Já na noite desta quarta-feira (07), será a vez do debate sobre o Concreto Protendido, uma técnica de execução bem difundida no Brasil desde o século XIX. Essa técnica permite métodos nos quais a armadura sofra um pré-alongamento, gerando um sistema autoequilibrado de esforços, ou seja, tração no aço e compressão no concreto.

Na primeira etapa da atividade integrada, debateram as tendências e modernidade no processo industrial da construção civil, sua evolução dentro do sistema produtivo, bem como sua classificação estrutural, designação por classe, principais tipos de blocos estruturais de concreto, aplicações, limitações, vantagens e desvantagens.

“Nosso objetivo com essa interação entre os cursos de Engenharia Civil das Faculdades Santo Agostinho e da Unimontes é justamente a troca de experiências entre acadêmicos de instituição pública e particular. São alunos que estão nos mesmos períodos nas duas unidades, 9º e 10º períodos, que estão trabalhando as mesmas disciplinas, cada um deles com o olhar particular”, ressaltou o professor Álvaro Barbosa de Carvalho Júnior.

Rogério Borges, acadêmico do 9º período das Faculdades Santo Agostinho, assistiu atentamente às explicações e ressaltou que o objetivo é absorver ao máximo o conhecimento para que no mercado de trabalho ele possa ser usado. “O diferencial é o saber. Quanto mais sabemos, maiores são as nossas chances de sucesso no momento de uma entrevista de emprego, por exemplo. Por isso, creio que o professor Álvaro acertou mais uma vez ao propor essa interação entre as Faculdades Santo Agostinho e Unimontes para debatermos sobre os processos de construção em alvenaria estrutural”, finalizou o acadêmico.