Banner Notícia

Dez acadêmicos recebem nota máxima no Trabalho de Curso

Direito da FasaSete finaliza semestre com saldo positivo segundo direção da unidade

Temas polêmicos da atual conjuntura brasileira como, Reforma Trabalhista, Crimes de Responsabilidade, Delação Premiada, Corrupção e Terceirização estiveram entre os Trabalhos de Curso (TC) apresentados pelos acadêmicos do Curso de Direito das Faculdades Santo Agostinho de Sete Lagoas (FasaSete). Os Trabalhos de Curso (TC) marcam a reta final da vida acadêmica desses alunos. Foram 10 trabalhos com pontuação máxima, distribuídos conforme as linhas de pesquisas e julgados pelas bancas compostas por 22 professores.

Segundo o coordenador do curso de Direito da FasaSete Professor Álvaro Cruz, o principal objetivo do TC é fomentar a capacidade dos acadêmicos em solucionar problemas através do método científico. “Durante a apresentação, observamos o aspecto social e jurídico no qual o aluno, em uma metodologia específica, desenvolve uma produção científica capaz de traduzir uma solução para a problemática definida, além de sua oratória e postura profissional”, finalizou.

Já a professora Amélia Maria Rodrigues, diretora da unidade, disse que os alunos e professores apresentaram pesquisas de qualidade, respondendo com muito êxito as propostas desenvolvidas. “É importante a instituição pensar em como manter a pesquisa articulada com a rotina dos alunos, desmistificando que pesquisa cientifica são processos exclusivos de mestres e doutores. Os alunos devem estar preparados para questionar, refletir e encontrar novos caminhos ou análises, independente do problema a ser discutido.  Assim, eles levarão para a vida profissional conhecimento e maturidade para se expressarem com fundamentação, consolidarem argumentos e criarem novas visões”, completou.

 

Avaliação máxima

  • Bianca Ferreira Ávila “A primazia da guarda materna: uma análise crítica da aplicação da guarda compartilhada nos termos da Lei 13048/14”;
  • Dayane Alves Menezes “A ressignificação do Princípio Mínimo Existencial no Direito do Trabalho”;
  • Eleandro Dias Pardinho “O direito sucessório do filho de criação”;
  • Inajá Ferreira de Moura França “A (in)constitucionalidade do tratamento penal militar dispensado ao portador de drogas para consumo próprio no artigo 290 do Código Penal Militar”;
  • Josiel de Sousa Pereira “Sistema prisional convencional e o método APAC. Regras e exceções na execução da Pena Privativa de Liberdade”;
  • Leticia Oliveira Costa “O Estado Nacional Brasileiro e a influência da exclusão social sob ótica da classificação social Quijano”;
  • Mariane da Silva Passos “O Testamento Vital como forma de concretização do Princípio da Autonomia Privada”;
  • Marina Santos Hatem “Descriminalização do aborto, diante da análise do voto – vista do Ministro do STF Luís Roberto Barroso, no julgamento do HC 124.306”;
  • Nathalia Luize Ferreira Barbosa “A possibilidade de tramitação direta do inquérito policial como garantia da imparcialidade do juiz na fase investigativa”
  • Wanessa de Assis Araújo “Direito ao Esquecimento”.
TC FasaSete